Questão: Como se chama o tipo de esqueleto que a estrela do mar possui?

Qual o tipo de esqueleto presente na estrela do mar?

Estrela-do-mar é um animal invertebrado do filo dos Equinodermos, que se caracterizam pelo esqueleto calcário sob a pele.

Quais os sentidos da estrela do mar?

Uma estrela-do-mar não tem cérebro, olhos, nariz, ouvidos ou mãos. Ainda assim, consegue perceber o ambiente ao seu redor -luz, temperatura e cheiro.

Qual o tipo de reprodução assexuada característico da estrela do mar?

Quando se trata de reprodução assexuada, a estrela-do-mar reproduz-se por um processo designado fragmentação. Assim sendo, de cada vez que, espontaneamente ou acidentalmente, um dos braços das estrela-do-mar for cortado, este braço irá desenvolver-se, originando um novo ser.

Porque a estrela do mar tem esse nome?

As estrelas do mar além de lindas, são também bem excêntricas. Primeiramente, a primeira característica perceptível são seus inúmeros braços, o que na verdade são as cinco pontas dela que formam sua simetria. E é justamente por ela ter essa simetria, que ela se chama estrela do mar.

ES INTERESANTE:  Quantos e quais são os planetas existentes no sistema?

Qual é o grupo de seres vivos que inclui a estrela-do-mar e o ouriço do mar?

Os equinodermos são animais exclusivamente marinhos que possuem espinhos pelo corpo. O filo Echinodermata reúne animais invertebrados exclusivamente marinhos que possuem como representantes os pepinos-do-mar, as estrelas-do-mar, os ouriços-do-mar, entre outros.

Quais possuem exoesqueleto de quitina?

Entre os mais conhecidos animais que possuem exoesqueleto estão os artrópodes, aqueles animais que têm pés articulados, entre eles temos: as aranhas, os insetos, escorpiões, lagostas e caranguejos.

Qual o tamanho de uma estrela do mar?

Existem cerca de 1.800 espécies de estrela-do-mar. Sua coloração pode ser marrom, vermelha, laranja, rosada, dentre outras. A maioria delas tem entre 20 e 30 centímetros de diâmetro.

É possível saber se a estrela do mar?

Sinta os pés ambulacrários em baixo da estrela do mar. Pés ambulacrários são as centenas de estruturas cilíndricas e vazias em baixo da estrela do mar. Caso se retraiam ao toque do seu dedo, a estrela está viva. Caso estejam claudicantes, ela está severamente doente ou morta.

Que animal come estrela de mar?

Lontras-marinhas e aves marinhas

As estrelas-do-mar costumam usar os braços com ventosas para se fixarem às rochas em busca de presas, onde esperam imóveis durante semanas. Se a rocha não estiver devidamente escondida, elas podem ser devoradas por lontras-marinhas ou aves famintas.

Qual é a característica marcante do grupo dos equinodermos?

Equinodermos (Filo Echinodermata) são animais marinhos que apresentam movimentação lenta ou são sésseis. … Uma das características mais marcantes desse grupo de animais é a presença dos chamados sistemas ambulacrários.

Quais são os representantes do grupo dos equinodermos?

Classe Concentricycloidea

  • Estrela do mar, representante dos Asteroidea.
  • Estrela-serpente, representante dos Ophiuroidea.
  • Ouriço-do-mar, representante dos Echinoidea.
  • Bolacha de praia, representante dos Echinoidea.
  • Pepino-do-mar, representante dos Holothuroidea.
  • Lírio-do-mar, representante dos Crinoidea.
ES INTERESANTE:  Quando é que uma estrela é chamada de estrela anã?

Qual o perigo da estrela do mar?

A estrela-do-mar serve de alimento para outros animais, como peixes e caranguejos. Não representa perigo para o homem, pois seus espinhos não são pontudos nem têm veneno.

Qual a origem da estrela-do-mar?

O registro fóssil de estrela-do-mar é antigo, remonta ao período Ordoviciano cerca de 450 milhões de anos atrás, mas é bastante pobre, já que as estrelas do mar tendem a se desintegrar após a morte.

Como ocorre o processo de regeneração de uma estrela-do-mar?

As estrelas-do-mar regeneram porções do disco e braços perdidos, desde que um pedaço do disco central esteja presente; um braço isolado não tem essa capacidade e acaba por morrer, com excepção das espécies do género Linckia, que podem regenerar um indivíduo completo a partir de um só braço.

Blog espacial