Porque fazer uma constelação familiar?

Por que devo fazer constelação familiar?

Através da Constelação Familiar é possível olhar se algo que atua em sua vida tem fundo sistêmico, ou seja, se está relacionado a algo que vem do seu sistema familiar. A aplicação da Constelação é bem abrangente, e permite auxiliar em questões de dificuldades pessoais, relacionamentos, saúde, profissão, entre outros.

É bom fazer constelação familiar?

Benefícios da Constelação Familiar

Centelhas conta que é possível obter transformações significativas na vida, como melhora no relacionamento entre parentes, solução de problemas financeiros, afetivos e, em alguns casos, até mesmo na saúde.

Quando procurar a constelação familiar?

Por Edipo Paggi

  1. PROSPERIDADE E DINHEIRO. Já teve a sensação de que o dinheiro não para na sua mão? …
  2. RELACIONAMENTOS AMOROSOS. Já trocou de amor, por não ter dado certo, mas encontrou um novo amor com a cara do amor passado (risos)? …
  3. RELACIONAMENTO COM OS PAIS. …
  4. DILEMAS DE VIDA. …
  5. RELACIONAMENTOS COM OS FILHOS.

2.11.2017

Quem deve fazer constelação familiar?

Qualquer pessoa pode ser um constelador familiar.

Embora a terapia tenha sido criada com o intuito de ajudar círculos familiares e outros campos a resolverem conflitos, ela é bastante democrática. Isso se aplica na formação do terapeuta, visto que não há requisitos quanto a isso.

ES INTERESANTE:  Sua pergunta: Quanto que é uma faculdade de astronomia?

Como a constelação familiar pode me ajudar?

A constelação poderá ajudar caso você:

Esteja passando por dificuldades na vida, sem saber o porquê; Tem um problema recorrente, no trabalho, nos relacionamentos, com dinheiro, etc; Percebe que há certas situações que se repetem na sua família; … Gostaria de olhar para sua história familiar de forma respeitosa e amorosa.

O que a constelação familiar resolve?

O que é Constelação Familiar? A Constelação Familiar é uma terapia integrativa criada pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger após anos de pesquisas feitas com famílias, empresas e organizações. A técnica estuda e busca dissolver os padrões comportamentais que, de alguma maneira, impedem o nosso desenvolvimento.

O que fazer depois de uma constelação familiar?

Silenciar, acalmar a mente e confiar: este é um bom caminho para trilhar após uma Constelação Familiar.

Porque Constelação Familiar é perigoso?

O único “perigo” da constelação familiar é ajudar a abrir caminho para que o amor circule em nosso grupo. Sendo ele um sentimento supremo, é capaz de reordenar nossa confusão interna e permitir que a dor se dilua.

Quanto tempo dura uma constelação familiar?

A duração de uma constelação familiar é imprevisível, pois depende do sistema sendo trabalhado, do tema, dos representantes e do constelador. Pode durar de 5 minutos à 1 ou mais horas. O tempo de duração de uma constelação também não possui nenhuma relação com o efeito que ela terá no cliente e nos representantes.

Como saber se a constelação deu certo?

Veja que a constelação por vezes pode acessar informações do seu campo que estavam ali operando em seu sistema inconscientemente por muito tempo. Por isto, este novo estado pode durar alguns dias ou até uma semana, até completar toda consolidação das mudanças acessadas pela constelação.

ES INTERESANTE:  Como os indígenas brasileiros utilizavam as constelações para marcar a passagem do tempo?

O que perguntar na constelação familiar?

Perguntas para Bert Hellinger: O tomar

Eu estabeleço um limite bem claro entre aceitar e tomar. O aceitar é benevolente. Tomar algo significa: Eu o tomo assim como é. Esse tomar é humilde e concorda com os pais assim como eles são.

O que a psicologia diz sobre constelação familiar?

Na constelação familiar a pessoa expõe a situação ao psicólogo, como um problema com o filho, por exemplo. Então o profissional se centrará em informações importantes a respeito do entorno familiar,como doenças graves, mortes precoces, suicídios, casamentos, separações, número de irmãos e filhos, entre outros.

Quem pode constelar?

Por regra, os pais podem fazê-lo por seus filhos pequenos, mas nem sempre pelos filhos adultos. O motivo é simples. Uma criança está sob grande influencia de seus pais e portanto, muitos dos fatores que atuam numa criança passam pelo comportamento dos pais.

O que precisa para ser Constelador familiar?

Ser um constelador familiar é possuir, primeiramente, um grande autoconhecimento e também conhecer a fundo o seu sistema familiar. Você passará por um incrível processo de transformação profundo e passará a compreender melhor o lugar e o papel de cada em seus sistemas.

Blog espacial