Melhor resposta: Qual dos objetos corresponde ao planeta Júpiter?

Qual objeto corresponde ao planeta Júpiter?

Júpiter possui o formato de uma esfera oblata, ou seja, o diâmetro no equador é maior que o diâmetro entre os seus polos geográficos. O equador de Júpiter é 9 275 km maior que o diâmetro medido entre os polos. Pelo fato de Júpiter não ser um objeto sólido, a parte superior da sua atmosfera possui rotação diferencial.

Quando foi descoberto o planeta Júpiter?

Século XVII
Data Nome Designação permanente
o: 8 de janeiro de 1610 p: 13 de março de 1610 Io Júpiter I
Europa Júpiter II
Década de 1650

Como localizar o planeta Júpiter?

Прямое восхождение 22ч 14м 7с | Склонение -12‪° 4′ 6″

Quais são as principais características de mercúrio?

Diâmetro equatorial: 4.879 quilômetros. Área da superfície: 7,5 x 107 km². Massa: 3.302×1023 kg (330 bilhões de bilhões de toneladas). Distância do Sol: 57.910.000 de quilômetros.

Qual objeto mais massivo da terra?

Maior objeto já descoberto

Um filamento galáctico com aproximadamente 10 bilhões de anos-luz (3 Gigaparsecs) em sua maior dimensão, por 7,2 bilhões de anos-luz (2,2 Gigaparsecs) na outra.

Quais as principais características do planeta Júpiter?

Quinto planeta a partir do Sol, situado entre Marte e Saturno, Júpiter é o maior planeta do sistema solar, com diâmetro de 142.984 quilômetros – caberiam mil planetas como a Terra em Júpiter. Sua atmosfera é composta principalmente de hidrogênio e hélio.

ES INTERESANTE:  O que é uma estrela explique?

Como Júpiter foi descoberto?

Quando o planeta Júpiter foi descoberto? … No ano de 1610 Galileu Galilei aponta pela primeira vez um telescópio ao céu, quando tem a oportunidade de observar as quatro grandes luas de Júpiter, sendo elas Io, Europa, Ganimedes e Calisto.

Qual foi o primeiro exoplaneta descoberto?

O primeiro planeta extra-solar definitivo descoberto ao redor de uma estrela da sequência principal (51 Pegasi) foi anunciado em 6 de Outubro de 1995 por Michel Mayor e Didier Queloz da Universidade de Genebra.

Como foi descoberto o primeiro planeta?

William Herschel anunciou sua descoberta em 13 de março de 1781, expandindo as fronteiras do Sistema Solar pela primeira vez na história moderna. Urano foi também o primeiro planeta a ser descoberto por meio de um telescópio.

Como identificar o planeta Vênus no céu?

Vénus é mais brilhante que qualquer astro visto no céu (descontando o Sol e a Lua), e sua magnitude aparente máxima é de -4,6. O planeta pode ser visto facilmente quando o Sol está baixo no horizonte. Por ser um planeta inferior, ele sempre se posiciona a até 47° do Sol.

Como visualizar Júpiter com um telescópio?

Acessórios que ampliem a visão humana em sete vezes são eficazes e podem revelar o planeta como um pequeno disco branco no céu. Se não souber a potência do equipamento que tem em mãos, examine os detalhes na sua lateral. Se houver algo como “7x” ou um número maior, você poderá enxergar Júpiter. Obtenha um telescópio.

Como identificar um planeta?

A maneira mais fácil de encontrá-los é quando eles aparecem como parte de uma constelação.

  1. Mercúrio: estará visível perto do Sol. …
  2. Marte: o planeta fica bem baixo no horizonte e se move em direção ao leste.
  3. Júpiter: sempre está localizado bem longe do sol.
  4. Saturno: fica bem baixo dentro da constelação de Libra.
ES INTERESANTE:  O que significa a expressão Estrela do Norte do Brasil?

Qual a localização de mercúrio?

Mercúrio é o planeta mais próximo ao Sol e o oitavo em tamanho no sistema solar. A distância média é de 57,9 milhões de quilômetros do Sol.

Quais são as principais características do Sol?

Composto basicamente por gases em seu núcleo, o Sol é resultado de um processo de fusão nuclear – ocasionado devido à altas temperaturas e grande pressão. Sua enorme massa é formada por 73,4% de hidrogênio e 25,0% de gás hélio.

Como é a atmosfera de Mercúrio?

A atmosfera de Mercúrio é basicamente composta por átomos de árgon, néon e hélio e apresenta uma pressão muito baixa, cerca de um bilhão de vezes menor do que a da Terra ao nível do mar.

Blog espacial